O SAMBA DE BUMBO, identificado também como samba campineiro ou samba rural paulista, é uma expressão coreográfico-musical de origem afro-brasileira, que reúne sambadores e sambadoras objetivando, sobretudo, o cultivo de ancestralidades e a prática devocional.
Embora pertença a manchas ou bacias culturais que diferem das fronteiras geográficas criadas artificialmente, o samba rural paulista tem características próprias, resultado de fatores históricos e sociais que propiciaram o encontro da musicalidade dos negros bantos (trazidos para o antigo “Oeste paulista” durante os séculos XVIII e XIX pelo fluxo de mão de obra escravizada causado por fatores tais como o declínio das plantações de café do Vale do Paraíba Fluminense e Paulista e anteriormente das áreas produtoras de açúcar no Nordeste, assim como pelos efeitos da Lei Eusébio de Queirós, de 1850, a qual proibiu o ingresso no Brasil de homens e mulheres escravizados, o que fez aumentar o tráfico ilegal interno para as fazendas de café da região) com o bumbo, instrumento ibérico incorporado e adaptado ao modo de tocar e à rítmica africana, rica em síncopas e polirritmias.

Encarte do CD Completo download