Termo Genérico: CICLO NATALINO; BOI

Termo Relacionado: FOLIA DE REIS

 

Folguedo do boi em homenagem aos Santos Reis, com ocorrências registradas ao norte do estado do Espírito Santo, estende-se também pelos municípios do sul da Bahia. Os integrantes formam alas, vestidos com calça azul-marinho ou branca com filete lateral vermelho ou azul. Na cabeça, chapéu e fitas coloridas, que se estendem até a cintura. Apresenta-se no período de natal, prolongando-se até o dia de São Brás, 3 de fevereiro. A primeira apresentação ocorre no Dia de Reis, em geral perto de igreja ou capela. Depois, percorrem as casas dos conhecidos, tanto podendo ser convidados como aparecer de surpresa. Na apresentação é tocada marcha para a chamada do vaqueiro, que vem sapateando, batendo o ritmo com bastão. Trajando roupa gasta e paletó pelo avesso, faz discurso contando de onde vem e relatando acontecimentos de forma satírica. Canta-se também, a chamada do boi, que entra dançando, fazendo graça, dando voltas e chifradas. Quando termina a cantoria, em alguns grupos representa-se morte e ressurreição do boi. E finaliza-se com o sanfoneiro puxando o canto da divisão do boi, com o coro cantando refrão, a cada pedaço vendido. Pesquisadores registram que com base nos relatos do vaqueiro do reis-de-boi é possível fazer um retrospecto de acontecimentos nacionais e mesmo mundiais.

 

Fonte: CNFCP