Termo Genérico: BATUQUES DE TERREIRO

 

Dança de pares, registrada em Cametá, Pará, ritmada por atabaques. São duas fileiras de pares, com os homens recurvados e as mulheres requebrando os quadris, que iniciam a coreografia com a parte chamada “namoro”. O ritmo começa lento, e, à medida que os versos vão-se desenvolvendo, a velocidade vai crescendo. A coreografia segue indicações do canto, e, no refrão, os pares fazem volteios com o corpo. O acompanhamento musical é geralmente feito por reco-reco, ganzá, tambores (curimbós), banjo, flauta, pandeiro grande e maracá. Observam-se, na movimentação coreográfica, detalhes como ritmo semelhante ao batuque africano, bem como a expressão corporal recurvada em certos momentos – característica das danças indígenas – e movimentos de braços para cima, como em várias danças folclóricas portuguesas.

 

Fonte: CNFCP